close
Ingredientes Tempo de leitura: 2 minutos

Antioxidantes no skincare: como funcionam?

Entenda como os antioxidantes atuam na sua pele

Por: Caroline Borges

Você já deve saber que os antioxidantes estão em alguns dos seus produtos preferidos de skincare. Mas você sabe o que eles realmente são ou como funcionam? 

Os antioxidantes reduzem e/ou combatem os radicais livres, que podem prejudicar a pele. Vale ressaltar que nem todo radical livre é ruim e o corpo sempre os produzirá: é uma maneira de eliminar patógenos, microorganismos potencialmente nocivos. 

Quando são aplicados diariamente, os antioxidantes podem ajudar na redução de manchas de sol, no combate aos sinais mais visíveis de envelhecimento e acalmam inflamações da pele. Além disso, aumentam a retenção de umidade, fornecendo hidratação e ajudando a revitalizar aquela aparência mais opaca. 

O que são os radicais livres?

Você já reparou que ao partir uma maçã e deixá-la exposta ao tempo ela fica marrom? Isso acontece por causa do processo de oxidação, causado pelos radicais livres. Os radicais livres são moléculas instáveis ​​que possuem um ou mais elétrons desemparelhados. Para ganhar estabilidade, eles reagem com outras moléculas, desencadeando uma reação em cadeia que danifica as células saudáveis.

Os radicais livres são produzidos naturalmente pelo nosso corpo, mas também podem vir de fatores externos como da exposição aos raios UV, da poluição, do tabagismo e da fumaça do cigarro e outros produtos químicos. Uma vez que há sobrecarga de radicais livres em nosso sistema, há estresse oxidativo ou um desequilíbrio entre a produção de radicais livres e a capacidade do corpo de neutralizar ou desintoxicar seus efeitos nocivos.

Para nossa sorte, estudos mostraram que a inclusão de antioxidantes em sua rotina de cuidados com a pele pode ajudar a combater os danos dos radicais livres e a recuperar do estresse oxidativo.

O que os antioxidantes podem fazer pela sua pele

1. Ajudam a corrigir os sinais superficiais da idade.

 O estresse oxidativo quebra o colágeno, dificulta o processo de reparo natural da pele e desencadeia a inflamação – e esses efeitos ficam aparentes em forma de linhas finas, rugas, pele solta, acne e um tom de pele manchado. Ao eliminar os radicais livres, os antioxidantes podem ajudar a prevenir e corrigir esses sinais visíveis e dar à pele um aspecto mais jovem.

2. Os antioxidantes ajudam a prevenir os danos causados ​​pelo sol.

 Por definição, todos os antioxidantes têm propriedades anti-inflamatórias. Portanto, eles atenuam a resposta inflamatória da pele aos raios nocivos do sol, evitando queimaduras solares e fornecendo proteção aprimorada contra danos causados ​​​​pelo sol e fotoenvelhecimento.

 3. Ajudam a pele a se reparar.

 A inflamação impede o processo de renovação da pele. Ao reduzir a inflamação, os antioxidantes permitem que a pele se recupere e corrija os danos visíveis. Antioxidantes, como a vitamina C, também podem estimular a produção de colágeno, que é vital para uma pele com aspecto mais jovem.

4. Ajudam a clarear o tom da pele.

Os radicais livres e a exposição frequente ao sol também podem desencadear alterações na produção de melanina da nossa pele, causando manchas escuras e tom de pele irregular. Ao reduzir o fotodano, os antioxidantes podem ajudar a prevenir a pigmentação anormal da pele. Alguns antioxidantes (mais uma vez, como a vitamina C) também funcionam para inibir a tirosinase, uma enzima que estimula a produção de melanina.

O melhor antioxidante para sua pele

Existem diversos produtos com ação antioxidantes no mercado.Procure sempre produtos que contenham a vitamina C estabilizada, que potencializa sua ação antioxidante. A niacinamida, que além de combater os radicais livres, possui ação prebiótica, alimentando sua microbiota e garantindo uma pele macia e hidratada.