close
Cuidados Tempo de leitura: 6 minutos

Inspire Bio testa: Veja como fazer o detox orientado Liver Rescue

Dieta proposta pelo médico Anthony William afirma promover regeneração do fígado

Por: Almir

Muitos problemas de pele não têm apenas ligação com o uso incorreto de cosméticos. Alguns males podem estar diretamente relacionados com o (mau) funcionamento do organismo. 

O médico Anthony William, por exemplo, destaca no best seller Medical Medium Liver Rescue que alterações no fígado podem provocar doenças autoimunes e crônicas na pele, como eczema, psoríase e acne severa. 

Ouça o podcast com o Dr.Anthony William sobre o assunto

O profissional, famoso por usar a sua mediunidade para oferecer conselhos de saúde pseudocientíficos na alegada comunicação com espíritos, propõe no livro uma dieta saudável para aliviar a sobrecarga do fígado e, assim, promover o alívio dos sintomas – ou até mesmo a cura – de doenças. 

Detox orientado

A dieta, no entanto, exige dedicação total às suas diretrizes – que são rígidas. Por isso, tem que haver muita preparação, especialmente para quem não trabalha em casa e tem que passar muitas horas fora. 

A desintoxicação é segmentada em 9 dias divididos por fases: primeira fase: dias 1,2 e 3, segunda fase: dias 4, 5 e 6 e então a última fase: dias 7, 8 e 9. Daí o nome 3: 6: 9.

Cada fase segue um plano de dieta restrito que muda em relação à anterior. Alerta: por se tratar de uma dieta com muitas fases, é preciso ficar atento para seguir à risca as restrições.

A equipe do Inspire Bio testou o protocolo e descreve abaixo o seu passo a passo.  

Opinião de quem fez o Liver Rescue

A cientista Bruna Scherr Laignier testou o detox orientado Liver Rescue e, a seguir, descreve como foi a sua experiência: 

“Fiz o protocolo por duas vezes e confesso que achei muito difícil aderir a dieta! Por mais que já seja vegetariana há mais de 6 anos, comer exatamente o que está no cardápio não foi uma tarefa muito fácil. Mas senti mais dificuldades da primeira vez; já a segunda achei ok. Os três primeiros dias foram bem tranquilos, do terceiro ao sexto são um pouco mais apertados e nos últimos seis dias fica ainda mais complicado.

A minha parte preferida foi a hora de comer as maçãs, afinal sou conhecida por gostar muito dessa fruta. Acho que a dieta é pensada para americanos e, muitas vezes, temos dificuldade de achar os ingredientes aqui no Brasil. Quando os achamos, costuma ser bem caro. Conselho: se prepare para gastar muito! Mas o que não fazemos em nome da ciência, não é mesmo?

Mas vamos aos resultados de fato: Não emagreci, não expeli nenhum tipo de pedra do organismo ou coisas do tipo. Também não morri de dor no estômago, e acredito que seja por conta dos “mil litros” de água com limão que tive que tomar. Já a minha pele ficou ótima! Fiquei super bem hidratada nesses 9 dias de dieta, o meu intestino funcionou super bem e só senti um pouco de dor de cabeça nos dias 7 e 8. 

O protocolo é bom quando se quer colocar a vida no eixo focando em uma alimentação saudável, afinal só se come comida “de verdade”. Durante o processo, não ingerimos nada de produtos industrializados, só muitas frutas, verduras, legumes e muitos líquidos. Então, no geral, isso é uma alimentação saudável. Só não recomendaria ingerir tanto suco de laranja no dia de líquido.

Antes de se aventurar a fazer esse protocolo, por favor, procure médicos e nutricionistas para saberem como está a saúde de vocês. Eu faço check ups de 6 em 6 meses e monitoro vários parâmetros da minha saúde. Assim, eu sei até onde posso levar esses experimentos.”

Detox – Liver Rescue 3: 6: 9

Indicações gerais

  • Cerca de 450 ml de água com limão ao acordar – todos os dias.
  • Evitar: Glúten, derivados do leite, ovos, carneiro e porco e óleo de canola.
  • Reduzir em 50%: Castanhas, óleos e proteínas animais.
  • Ingestão de gorduras e proteína animal deve ser na hora do jantar.
  • Lanches permitidos: Amora, uvas passas, figos. Podem ser secas ou in natura.
  • Ingerir mais vegetais e folhas.
  • Comer o necessário para se sentir satisfeito.

Fase 1

Dia 1 – Café da manhã, almoço e jantar da sua escolha. Comer duas maçãs à tarde. Lanche da noite: 1 maçã ou 16 goles de água com limão.

Dia 2 – Café da manhã, almoço e jantar da sua escolha. Comer uma maçã pela manhã e duas à tarde. Lanche da noite: 1 maçã ou 16 goles de água com limão

Dia 3 – Café da manhã, almoço e jantar da sua escolha. Comer duas maçãs pela manhã e duas à tarde. Lanche da noite: 1 maçã ou 16 goles de água com limão.

Fase 2

Dia 4 ao dia 6 – Suco de salsão pela manhã. Almoço: Aspargos ao vapor com salada Liver Rescue (sugestão de receitas abaixo). Aipo, de 2 a 4 tâmaras e pelo menos 2 maçãs. Jantar: Aspargos ao vapor com salada Liver Rescue. Antes de dormir: Maçã se quiser, água com limão e chá de erva-cidreira.

Fase 3

Dia 7 – Liver rescue smoothie (sugestão de receita abaixo) pela manhã e suco de aipo. Almoço: Sopa de espinafre sobre espaguete de pepino. Lanche: Aipo, Suco de aipo, pepino e pelo menos 2 maçãs. Jantar: Abóbora, batata doce e aspargos no vapor, salada Liver Rescue opcional. Antes de dormir: Maçã se quiser, água com limão e chá de erva-cidreira.

Dia 8 – Liver rescue smoothie pela manhã e suco de aipo. Almoço: Sopa de espinafre sobre spagueti de pepino. Lanche: Aipo, Suco de aipo, pepino e pelo menos 2 maçãs. Jantar: Aspargos ou couve de Bruxelas no vapor, salada Liver Rescue opcional. Antes de dormir: Maçã se quiser, água com limão e chá de erva-cidreira.

Dia 9 – Tomar 1 suco de aipo de manhã e um no começo da noite. Em qualquer momento do dia tomar 2 sucos de pepino com maçã. Durante o dia, quantas vezes quiser, beber melão ou mamão papaia batidos no liquidificador ou suco de laranja. Tomar pelo menos cerca de 220 ml de água a cada 3 horas. Antes de dormir: Maçã se quiser, água com limão e chá de erva-cidreira

Atenção: A primeira fase é como uma contagem regressiva e uma preparação para os próximos 6 dias. Esse é o início de um ciclo e deve ser conduzido com cautela para preparar o fígado para próxima fase.

Dicas fundamentais para quem quer fazer a dieta:

  • A água com limão serve para limpar os resíduos acumulados do seu fígado na noite anterior. 
  • A maçã é uma fruta muito comum, mas muito poderosa. Aumentar o consumo dessa fruta pode ser transformador. As tâmaras, também, aceleram o funcionamento do fígado de uma forma benéfica. Se não puder comer as tâmaras com as maçãs, pode ingeri-las em outro momento do dia. Elas, ainda, podem ser substituídas por amoras (secas ou frescas), passas, uvas e figos (secos ou frescos).
  • Caso fique com fome depois do jantar, coma uma maçã ou purê de maçã. E uma hora antes de ir para a cama, certifique-se de tomar água com limão, uma caneca de chá de hibisco ou de erva-cidreira. A ingestão desses líquidos noturnos podem diminuir as idas ao banheiro durante a noite e ajudam a fazer a limpeza do seu organismo. 
  • Para começar, você reduzirá a gordura de sua dieta. Seja qual for a quantidade de gordura que você ingere em um dia normal, corte-a pelo menos pela metade. Isso já pode ser resolvido no café da manhã, ao se evitar o consumo de gorduras matinais como iogurte, granola de nozes, torrada com manteiga, ovos, etc. 
  • Durante o dia, reduza a ingestão de gordura preferindo o consumo de frutas, vegetais, batatas, abóbora, folhas verdes, lentilhas, quinoa ou milho. Se você está acostumado a adicionar azeitonas a saladas, por exemplo, diminua e adicione um pouco de grão de bico e tomates picados. 
  • Uma boa opção para o jantar é o salmão grelhado. Coma uma porção menor do que a habitual e complete o prato com lentilhas ou legumes. Fique atento também aos molhos, que muitas vezes têm muito mais gordura do que imaginamos. 
  • Uma das principais razões para reduzir as gorduras durante o detox é dar ao seu fígado uma pausa na produção de bile (secreção produzida pelo fígado e armazenada na vesícula biliar). Com isso, o organismo foca a sua energia para a desintoxicação. 
  • Outra importante razão para se fazer a dieta é a obtenção da glicose necessária. Comer menos gordura permite que seu fígado absorva melhor a glicose e acumule suas reservas da substância e, também de glicogênio que são vitais para o trabalho do órgão durante os 9 dias desintoxicando o organismo. As batatas, batatas-doces e abóbora são alimentos excelentes e ricos em glicose para comer durante o processo. 
  • Se você gosta de produtos de origem animal, opte por consumir apenas uma porção no jantar. Certifique-se de que é uma carne magra de ave (orgânica, caipira ou selvagem) ou peixe.
  • Por fim, hidrate-se bem, especialmente de manhã.

Receita do smoothie:

  • 1 banana ou;
  • ¼ de mamão, 1 manga em cubo;
  • 1 talo de aipo
  • ½ xícara de brotos (qualquer variedade)
  • ½ limão
  • ½ xícara de água (opcional)

Receita Saladas 

Opção A

  • 3 xícaras de tomate picado
  • 1 pepino em rodelas
  • 1 xícara de aipo picado
  • Coentro a gosto (opcional)
  • Salsinha a gosto (opcional)
  • Cebolinha a gosto (opcional)
  • 8 xícaras de folhas, variadas
  • Suco de 1 limão ou laranja

Opção B

  • 2 xícaras de repolho roxo picado
  • 1 xícara de cenoura picada
  • 1 xícara de aspargos picados
  • 1 xicara de rabanete em rodelas
  • 2 xícaras de maçãs em rodelas
  • ½ de coentro picado (a gosto)
  • 8 xícaras de folhas variadas
  • Suco de 1 limão ou laranja
  • Molho vinagrete de laranja (uso opcional)
  • 1 xícara de suco de laranja
  • 1 dente de alho
  • 1 colher de sopa de mel
  • ¼ de xícara de água
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de pimenta (opcional)