close
Inovação Tempo de leitura: 2 minutos

Mercado brasileiro de cuidados com o cabelo tem previsão de crescimento bilionário

O país apresenta alta na demanda por produtos de tratamento capilar

Por: Almir

O mercado está bastante propício para o setor de cuidados com os cabelos. Uma pesquisa realizada pela Euromonitor Internacional – empresa de pesquisa de mercados – prevê um considerável crescimento para o mercado de hair care (cuidado com os cabelos) para os próximos cinco anos e aponta três principais tendências globais para que isso aconteça: engajamento digital, posicionamentos éticos e atributos orgânicos e naturais. 

De acordo com o site Cosmetic Innovation, as vendas globais de produtos para cabelos foram de US$ 78 bilhões em 2019, 16,1% a mais em relação ao ano de 2014. Para 2024, a previsão é de que esse valor de vendas alcance US$ 81,7 bilhões.

Veja aqui a matéria

O mercado hair care está em alta no Brasil

Com base nos dados da Euromonitor, o site mostra que o ritmo de lançamentos de produtos de hair care segue acelerado em 2021, com as marcas apostando em produtos que incorporam ingredientes de skincare, alta performance e efeito imediato. No primeiro semestre de 2020, as vendas de produtos do setor tiveram um crescimento de 4,6% em relação ao ano anterior, atingindo R$ 23,175 bilhões.

Em 2020, o Brasil se manteve na quarta posição no ranking global de vendas de produtos para cabelos, totalizando US$ 78,369 bilhões, um crescimento de 10,7% em relação a 2015, quando o faturamento foi de US$ 68 bilhões. Os Estados Unidos lideram o consumo com R$ 13,667 bilhões, seguidos pela China e Japão.

Acredita-se que muito desse crescimento seja um efeito da pandemia do Covid-19, que agilizou a tendência ao autocuidado. Para os próximos cinco anos, as perspectivas da Euromonitor são altas, apontando elevação de 16,9% de elevação entre 2020 e 2025, quando as vendas deverão atingir R$ 27,097 bilhões.

As vendas dos produtos para condicionamento e tratamento capilar – incluindo kits para queda de cabelo, uma das principais queixas pós-Covid-19 –  registraram um crescimento de 8% em relação a 2020, superando os R$ 10 bilhões. Para o segmento, a expectativa é que o mercado hair care sofra um boom, com 27,1% de alta entre 2020 e 2025 (R$ 12,750 bilhões).