close
Inovação Tempo de leitura: 2 minutos

Microplásticos são encontrados na corrente sanguínea

Cientistas detectam micro e nano plásticos em seres humanos

Por: Caroline Borges

Em pesquisa publicada pela revista Environment International, foram detectadas partículas plásticas no corpo de 17 adultos saudáveis. Foram analisadas 22 amostras, o que significa que 80% das pessoas testadas apresentaram partículas de microplásticos no sangue. Os pesquisadores conseguiram identificar a origem dessas partículas: elas continham plástico PET, usado em garrafas de bebidas, poliestireno, usado para embalar alimentos e outros produtos e polietileno, material das sacolas plásticas.

Somos o impacto que causamos no mundo 

As partículas de plástico que entram em nosso corpo através dos alimentos, da água e do ar e podem se alojar em nossos órgãos: prova clara que o impacto que causamos no planeta nos afeta diretamente.

Em entrevista para o The Guardian, o professor Dick Vethaak, ecotoxicologista da Vrije Universiteit Amsterdam, na Holanda, aponta que essa é a primeira indicação de que partículas de polímeros estão presentes em nosso sangue. O professor afirma que o próximo passo é aumentar o tamanho das amostras e estender a pesquisa, uma vez que as informações até aqui obtidas são alarmantes. Vethaak ressalta que bebês e crianças são mais vulneráveis à exposição a produtos e partículas químicas, o que é especialmente preocupante. 

Dick Vethaak levanta questões importantes: “As partículas ficam retidas no corpo? Eles são transportados para certos órgãos? Como passariam pela barreira hematoencefálica? E esses níveis são suficientemente altos para desencadear doenças? Precisamos urgentemente financiar mais pesquisas para que possamos descobrir”, alerta o cientista.

Além de pesquisas, o passo mais simples e importante a ser dado é mudar a consciência em relação ao consumo. Pequenas ações diárias podem influenciar rapidamente na mudança desse cenário tão preocupante que é a do impacto dos plásticos na saúde humana e na do planeta. Algumas dicas como evitar o uso de garrafinhas plásticas, utilizar sacolas retornáveis e evitar o uso de recipientes plásticos para consumir alimentos são ações que estão ao nosso alcance diariamente e que, acredite, são muito valiosas para uma mudança para o futuro.