close
Inovação Tempo de leitura: 2 minutos

Pesquisa aponta 5 novas tendências para indústria da beleza

Estudo indica aceleração do setor para os próximos 5 anos após pandemia

Por: Almir

As restrições impostas pelos protocolos de segurança ao COVID-19 trouxeram um impacto globalizado para o comércio. E o setor da beleza, obviamente, foi afetado pelos efeitos da pandemia.

A fim de entender e listar as consequências disso para o mercado, a FOREO TRENDS, empresa sueca de beauty gadgets (escovas faciais que auxiliam na limpeza da pele), e a WGSN, consultoria de tendências, se uniram para criar uma pesquisa que analisa os principais pontos dessa mudança. O estudo, ainda, revela tendências para os próximos 5 anos, que foram aceleradas pela pandemia.

“Em primeiro lugar, a pesquisa mostra que a busca dos consumidores sofreu uma alteração importante. Com a quarentena, as pessoas passaram a buscar produtos que ofereçam três premissas básicas: saúde – a clean beauty passa a estar intrínseca ao tema -; proteção – contra vírus e outras ameaças externas -; e calma – exigindo produtos que tragam um equilíbrio e bem-estar físico e mental”, explica Julia Curan, consultora na WGSN, e líder do projeto. “A partir disso, mapeamos e fechamos em cinco propulsores centrais que transformarão os próximos anos nesse segmento tão importante para a economia global”.

Tendências para 2021

  • Progresso Ativista

Skin Positivity, beleza natural, representatividade racial e etária.

Marcas passam a ter responsabilidade em disseminar discursos, promover inclusão e garantir sustentabilidade em seus produtos (do conteúdo à embalagem). 

  • Domínio do Bem-Estar

Produtos que entreguem uma experiência e funcionalidade. Exemplo disso são os produtos que aliam cuidados com a beleza e bem estar. 

  • Abraçando a frugalidade

Simplicidade e Naturalidade. Produtos com resultados comprovados, inteligentes, duráveis e funcionais que ajudam a ressaltar a beleza natural. Como exemplo, a skincare minimalista com produtos não tóxicos.

  • Tecnologia aliada a beleza

Criação de novos produtos que atendam às necessidades na nova realidade em que vivemos. Produtos personalizáveis, beauty gadgets e inteligência artificial já são uma realidade, mas muito mais está por vir. Exemplo disso é o estudo do ácido poliglutâmico, apontado como similar ao ácido hialurônico.

Nessa lista ainda entram os produtos de autocuidado, como as escovas faciais para limpeza de pele, que se tornaram sucesso de vendas durante a pandemia. 

  • Comunidades Intencionais

Coletivos, apoio a micro e pequenos empreendedores passam a estar no foco dos consumidores. A sociedade participa como co criadora de campanhas, conteúdos e, até mesmo de produtos, junto com as empresas, que passam a ter uma função fundamental de impulsionar negócios pequenos e pessoas para garantir o desenvolvimento social, além de se criar redes de conexão, como grupos digitais para vivenciarem experiências únicas em grupo.