close
Inovação Tempo de leitura: 2 minutos

Setor de beleza natural aquece e-commerce com produtos para skincare

Mudanças de hábitos durante a pandemia geram crescimento no mercado voltado à sustentabilidade e a diversidade

Por: Almir

A pandemia favoreceu o e-commerce para o setor da beleza. Esse fenômeno pôde ser observado durante a realização, em dezembro de 2021, da Beauty Fair, maior feira de beleza das Américas e segundo maior evento do segmento no mundo. Muito por conta das restrições ao Covid-19, o evento recebeu 20% menos expositores e visitantes no Expo Center Norte, em São Paulo. Ainda assim, gerou R$ 400 milhões em volume de novos negócios. Estima-se um crescimento 5% para o mercado de beleza em 2022. 

Em entrevista ao Meio e Mensagem, César Tsukuda, diretor-geral da feira, analisa a evolução do mercado e vislumbra boas perspectivas para o setor para os próximos anos. “O principal hábito que podemos notar é o aumento da compra de produtos de beleza pela internet. A consumidora não se apega mais somente à experimentação. Ela tem priorizado as recomendações de amigos e influenciadores digitais.”

Veja aqui a matéria completa

Em busca da sustentabilidade e diversidade no setor de beleza

Com esses novos hábitos de consumo, Tsukuda reforça a procura dos consumidores por produtos que trazem o conceito de beleza natural.  “Com a pandemia, isso explodiu, pois todos passaram a se observar nas telas com as vídeo-chamadas, diminuíram o uso de maquiagens por um longo período por conta das máscaras de proteção e precisaram incluir em suas rotinas uma pausa, um momento de autocuidado, e o skincare veio com força aí”, avalia o profissional.

Além da procura por cosméticos de skincare, também se notou um aumento na procura por tratamentos para cabelo no setor de beleza. Alguns especialistas, aliás, já haviam previsto essa tendência, conforme mostramos nesta matéria.

Mas muitas novidades ainda estão por vir. Muitas delas, inclusive, têm a ver com ações em prol da diversidade e representatividade. Durante a feira, foi possível constatar a grande oferta de produtos variados e, também, as campanhas publicitárias dos estandes com foco para todo tipo de público, independente de tipo ou cor de pele e gênero.